Diário de viagem – Serra Catarinense

7 de junho de 2016

Sabe aquele ditado que santo de casa não faz milagre? Pois então, sou catarinense e apenas havia visitado a Serra Gaúcha. Esse ano, uma das metas era conhecer a Serra Catarinense. E no final de semana que passou estivemos por lá, passando um “pouquinho” de frio (para quem me acompanha no instagram, já deve ter visto algumas fotos). Adorei o passeio e vou contar para vocês como foi.

Ficamos hospedados na Pousada Recanto da Serra, que fica localizada no centro de Urubici. Ela acabou de passar por uma reforma, então tudo está novinho. O quarto é bem aconchegante (com lençol elétrico, o que achei ótimo!) e o café da manhã muito bom.

pousada-recanto-da-serra-urubici-santa-catarina-55a709d2ebe8eComo chegamos no sábado ao meio dia, só restou a tarde e a manhã de domingo para fazer os passeios. Começamos pela Cascata Véu de Noiva, que fica na estrada do acesso ao Morro da Igreja. Aproveitamos para almoçar no próprio restaurante que tem próximo à cachoeira. A comida era gostosa e bem caseira, mas achei que a variedade deixou a desejar.

IMG_1588

Como esquecemos de pegar autorização para subir no Morro da Igreja (agora é obrigatório), deixamos para visitá-lo no domingo pela manhã. E para não perdemos tempo, partimos para a Cascata do Avencal. Essa é muito mais bonita que a cascata véu de noiva. É possível vê-la de cima, a partir de um mirante com uma vista privilegiada do vale. A entrada para o mirante fica a 5 km do centro de Urubici e cobra-se uma taxa de R$ 5,00 por pessoa.

IMG_1610Depois partimos para São Joaquim e visitamos o centrinho da cidade. Como o dia estava gelado, não havia quase ninguém andando pelas ruas. Eu achei a pracinha um charme, tudo bonitinho e organizado. 
IMG_1623 IMG_1625 IMG_1628

Ah! e o crepe da praça, inclusive, é muito bom rsrs…

IMG_1638

Para finalizar o sábado, fomos no sunset da Vinícola Monte Agudo, no qual é possível degustar de alguns vinhos e apreciar um lindo pôr do sol. Na degustação, a sommelier traz todas as informações possíveis do local, colheita, uva, dados técnicos e do processo produtivo, de maneira bem detalhada. O valor por pessoa é R$ 55,00, sendo necessário reservar com antecedência. O sunset foi uma experiência ótima. A tábua de frios servida estava deliciosa: queijo colonial, provolone, salame, copa e pão caseiro.IMG_1670 IMG_1674 IMG_1678E no domingo pela manhã, visitamos o Morro da Igreja, considerado o ponto mais alto habitado da região sul do país. A vista é maravilhosa e, em dias de boa visibilidade é possível até ver o mar a mais de 100 km de distância. Incrível! Para quem aprecia a natureza, é uma parada obrigatória. Ah! lá em cima o clima é bem frio e venta bastante, então vá bem agasalhado. IMG_1708 IMG_1715

Acho que é um ótimo passeio para um final de semana. Inclusive uma dica para o dia dos namorados, não acham?

beijos, Fran Gabrielli